segunda-feira, 28 de julho de 2014

Exercícios de Geografia : Alemanha : Indústrias de Base : Região Renana : Problema Energético

          1-  Leia as afirmativas abaixo e responda : 

 I  -  A Alemanha foi arruinada pela Segunda Guerra Mundial, mas conseguiu reerguer-se graças aos investimentos e financiamentos obtidos dos Estados Unidos, por meio do Plano Marshall. 

II- Atualmente a Alemanha possui a economia de mercado mais importante de Europa Ocidental. 

III - A  Alemanha está entre as quatro maiores potências econômicas mundiais, juntamente com os Estados Unidos, a China  e o Japão. 

                Sobre as afirmativas, acima,  marque a única alternativa correta : 

a) Somente a III afirmativa é correta . 
b) Somente a II afirmativa é correta.
c) Todas as afirmativas acima estão corretas. 
d) Somente a I afirmativa é correta. 
e) Todas as afirmativas estão erradas. 


   2-    As indústrias de base continuam sendo de fundamental importância para a Alemanha. Sobre esse tema, assinale a única alternativa correta . 

a)  Graças às empresas de tecnologia de informação surgiram outras indústrias de base, como mecânicas, químicas, e farmacêuticas. 
b) As empresas siderúrgicas da Alemanha instalaram-se, a partir do século XIX, principalmente nos vales dos rios Reno e Rhur, próximas às jazidas de carvão. 
c)  Graças às empresas de  telefonia surgiram outras indústrias de base, como mecânicas, químicas, e farmacêuticas. 
d) As empresas madeireiras da Alemanha instalaram-se, a partir do século XIX, principalmente nos vales dos rios Reno e Rhur, próximas às jazidas de carvão. 
e) Nenhuma das alternativas está correta. 


3-  A região renana, que abrange os vales dos rios Reno, do rio Meno e do rio Rhur, é a mais industrializada da Alemanha .  Nessa região destacam-se as cidades de Frankfurt, Colônia, Essen, Dortmund e Düsseldorf. 
                Assinale a única afirmativa correta. 

a)  A cidade de Frankfurt é o principal centro exportador de linguiça do país e também da Europa, juntamente com Londres. 
b) A cidade de Frankfurt é o principal centro exportador de relógios do país e também da Europa, juntamente com Londres. 
c) A cidade de Frankfurt é o principal centro turístico do país e também da Europa, juntamente com Londres. 
d)  A cidade de Frankfurt é o principal centro financeiro do país e também da Europa, juntamente com Londres. 
e) Nenhuma das alternativas acima está correta. 


4-   Complete as lacunas : 


      Outras duas  _______________  da Alemanha vêm se destacando pela _____________ em novos setores de _____________  avançada, como  biotecnologia, microeletrônica e _____________.  Essas duas regiões são :  a área de ______________ , a nova capital do país, depois da reunificação, e a área industrial próxima  às cidades de  Stuttgart e ______________ . 


5-   Localize na Alemanha, utilizando os pontos cardeais :  Berlim  ;  e a área industrial  ao redor das cidades de Stuttgart e Heidelberg, nas proximidades do rio Neckar. 



6-   Mesmo com um problema energético, principalmente a partir de 2000, a Alemanha, desde 1986, figura entre  os maiores exportadores mundiais de bens.

               Pergunta -  Que problema energético é enfrentado pela Alemanha ? 




RESPOSTAS  

  1  c  

 2 b  

 3  d  

 4  - regiões , industrialização , tecnologia, informática, Berlim, Heidelberg    

 5  -  Berlim está localizada na parte leste da Alemanha; a área industrial próxima às cidades de Stuttgart e Heidelberg, perto do rio Neckar,  está localizada na parte sudoeste da Alemanha. 

6-  O problema energético enfrentado pela Alemanha é que ela precisa importar energia, de outros países,  para abastecer  a sua população.   A Alemanha importa quase 60% de sua energia, de acordo com a Agência de Energia Internacional. Um terço do gás natural consumido na Alemanha é importado da Rússia, poe exemplo.  Em 1998 a Alemanha decidiu abandonar a geração de energia elétrica a partir das usinas  nucleares. Aos poucos esse dinâmico pais vem ampliando a geração de energia a partir de matrizes limpas, ou sustentáveis, como a energia a partir da biomassa, eólica e solar. 


   Foto :   Castelo de Eltz, no Estado da Renânia-Palatinado, na cidade de Münstermaifeld, Alemanha . 


GEOGRAFIA Newton Almeida 

domingo, 27 de julho de 2014

FÍSICA - Método Científico : As Quatro Fases do Método Científico

            O Método da Física 

    O método para os estudos da Física, ou o método que propiciou a elaboração da Física não é uma "receita de bolo", ou seja, na verdade não há um método seguro, ou método único, um caminho único a seguir para se chegar ao conhecimento da Física.  
    Há um ramo da Filosofia denominado Filosofia da Ciência que se preocupa em estudar o método científico, entre outros temas. E observa-se que ainda não há uma conclusão final, não há unanimidade, entre os filósofos sobre um único método para o estudo de todas as ciências (Física, Biologia, Sociologia, etc.). Tudo indica que há na realidade vários métodos . Cada ciência tem os seus próprios caminhos na busca do conhecimento. Mesmo dentro da Física não há um consenso sobre o método para o seu estudo. Verifica-se que não há uma receita dentro da qual se encaixam todos esses métodos, quando se faz uma pesquisa sobre os caminhos seguidos pelos físicos. 
    A questão do método é complexa, mas vale a pena ser pensada. Para o aprofundamento na questão do método para o estudo da  Física é necessário conhecer mais sobre ela mesma, da história sobre as descobertas mais importantes. Portanto, podemos agora tentar entender apenas os aspectos gerais sobre o método científico. 

          O Método Científico 

   Costuma-se dividir o método científico em quatro fases.  A primeira fase é a formulação de algum problema, isto é, escolher aquilo que queremos explicar. A segunda fase consiste em fazer observações e, se possível, experimentos.
     
          Por exemplo: Galileu, por volta de 1600, queria estudar a queda dos corpos. Ele  fez então vários experimentos com corpos (ou objetos) caindo e mediu os tempos gastos para que cada objeto percorresse o espaço (distância da queda). 


     A terceira fase consiste  em interpretar os resultados, procurando uma explicação, e, se possível, estabelecer fórmulas matemáticas que relacionem os dados.  Por exemplo: na experiência da queda dos corpos, Galileu descobriu a seguinte relação entre a altura da queda (H) e o tempo (t) gasto na queda, para pequenos objetos: 


                                                   (tempo t em segundos e H em metros) 

   A quarta fase é o teste da explicação. Consiste em repetir exaustivamente a experiência, e, se possível, deduzir consequências que possam ser testadas. Como exemplo podemos citar a Teoria da Relatividade de Einstein. Essa teoria tinha várias consequências, entre as quais: " Quando a velocidade de um corpo aumenta, sua massa também aumenta". Na realidade, esse aumento seria imperceptível para baixas velocidades; para observarmos o aumento da massa precisaríamos de velocidades comparáveis à velocidade da luz. Portanto, para aceitarmos as idéias de Einstein precisamos fazer um experimento e verificar se de fato a massa aumenta com a velocidade. Hoje em dia, usando grandes aparelhos denominados aceleradores de partículas, podemos fazer experiências com elétrons e prótons a altas velocidades e verificar que realmente a massa aumenta com a velocidade. 
   
 Esquematicamente, as quatro fases do método científico são (clique na imagem para ampliar) :                      



Fonte : Livro :   Sampaio, José Luiz; Calçada, Caio Sérgio; Universo da FÍSICA 1 Mecânica, Atual Editora, 2ª edição, São Paulo : 2005 .


GEOGRAFIA Newton Almeida http://geografianewtonalmeida.blogspot.com

Questões de Múltipla Escolha : Estado do Rio de Janeiro : Concurso da PM


                       SIMULADO de Geografia , Concurso da Polícia Militar  2013

1. O Estado do Rio de Janeiro, apesar de sua pequena superfície, possui paisagens muito variadas, que permitem uma divisão em Regiões. Assinale a relação/característica que NÃO está correta:

(A) SERRANA - É bastante procurada pelos turistas e é conhecida por seu clima ameno durante boa parte do ano e por suas paisagens, que unem as montanhas da Serra dos Órgãos com a Mata Atlântica.
(B) LITORAL DA ILHA GRANDE – Seu forte é o turismo, aproveitando as belezas naturais da região. Passa por problemas ligados ao crescimento urbano.NOROESTE FLUMINENSE - concentra os maiores índices de pobreza do estado
(C) NOROESTE FLUMINENSE - Concentra os maiores índices de pobreza do estado.

(D) NORTE FLUMINENSE - Uma grande cidade: Campos. Região sem recursos minerais, tem no café a sua principal cultura. Sua população diminui com o êxodo rural.
(E) BAIXADAS LITORÂNEAS - Forte no turismo, destaque para a cidade da Cabo Frio, com grandes eventos no verão.


2. Sobre os deslizamentos de terra e a ocupação desordenada de encostas causadora das tragédias ocorridas  em Angra dos Reis e Região Serrana, avalie os seguintes itens e assinale a alternativa correta.
I - Os deslizamentos são fenômenos naturais responsáveis pelas transformações da superfície terrestre. Porém, algumas formas de uso de solo realizadas pelo homem potencializam esses fenômenos.

II - A ocupação desordenada de uma encosta é um exemplo de ocupação indevida associada à ocorrência de deslizamentos desastrosos.
III - O excesso de carga no solo e a retirada da cobertura vegetal original que funciona como proteção do solo são elementos associados com uma ocupação indevida que se atrela à ocorrência de deslizamentos catastróficos.
(A) Todas Verdadeiras
(B) Todas Falsas
(C) Somente I Verdadeira
(D) Somente II Verdadeira
(E) Somente I e II Verdadeiras


3. É o município com a maior população absoluta do Estado do Rio de Janeiro

(A) Cabo Frio
(B) Nova Iguaçu
(C) Duque de Caxias
(D) São Gonçalo
(E) Rio de Janeiro

4. A atividade econômica que concentra grande parte da economia do estado do Rio de Janeiro se baseia na:
(A) Prestação de servições e comércio

(B) Agricultura
(C) Pecuaria
(D) Extrativismo vegetal
(E) Setor Informal

5. No Rio de Janeiro as favelas embora localizadas em sítios diferenciados, apresentam como característica comum:

(A) O seu caráter periférico, ocupando sempre os limites da mancha urbana.
(B) O fato de serem uma ocorrência essencialmente ligada ao tráfico de drogas e ao crime organizado e como um todo, sem a presença do Estado.
(C) As habitações de baixo custo, construídas em terrenos de posse definitiva, localizados em loteamentos organizados e destinados à população de baixa renda.
(D) A ausência de preocupação com o meio ambiente urbano em razão da natureza desordenada da ocupação, realizada em terrenos públicos ou de terceiros.
(E) Construções informais, porém regularizadas em sua totalidade por órgão públicos.


GABARITO: 1D;  2A;  3E;  4A;  5D.

GEOGRAFIA Newton Almeida  http://geografianewtonalmeida.blogspot.com

BIOLOGIA - Exercício : Anelídeos : Sistema Nervoso : Diversidade Alimentar dos Anelídeos

                     Preencha as lacunas do texto com as palavras corretas !

                                    Ao final, confira as respostas  !

             Os conteúdos foram transcritos do Livro :   Livro : Júnior, César da Silva ; Sasson, Sezar; BIOLOGIA 2 , CÉSAR e SEZAR ; Editora Saraiva, 8ª edição, São Paulo : 2005 .        


"                                    Um complexo sistema nervoso


   Nos anelídeos, o sistema  atinge grande desenvolvimento, pois já existem os , concentrados na região da cabeça e ao longo da região , em toda a extensão do corpo, formando a chamada cadeia . Cada gânglio é uma massa de  com função de centros nervosos, coordenadores. Deles partem nervos para todos os , garantindo a integração e a coordenação das funções sensoriais (visão, percepção de substâncias, ), motoras (contração , batimento ciliar) e secretoras (produção de  pelas glândulas). 

   Os poliquetos apresentam maior desenvolvimento desse sistema, pois, ao contrário das  e das sanguessugas, eles têm  com lentes que desempenham a função de um cristalino. 

RESPOSTA - nervoso ; gânglios ; ventral ; ganglionar ; neurônios ; órgãos ; tato ; muscular ; secreções ; minhocas ; olhos . 

                                      A diversidade alimentar dos anelídeos

   As milhares de espécies de  mostram uma enorme variedade de tipos de , revelada pelas diferenças entre seus sistemas , muito mais especializados do que nos filos já estudados. O sistema digestório dos poliquetos, que são , mostra grandes e fortes mandíbulas cortantes ou  para a obtenção de sangue. Além disso, a grande  bucal garante a fixação do verme enquanto ele suga e as glândulas salivares liberam uma substância , a , que impede a coagulação do sangue do seu hospedeiro, facilitando a .
    Em todos os anelídeos, o tubo digestório é completo e um pouco mais  do que o dos . Nas minhocas, por exemplo, ele tem câmaras, como o papo, armazenador, a , trituradora e os cecos, pequenas bolsas que se abrem no  e produzem enzimas digestivas. Ao longo da região  do intestino há uma larga prega, a , que aumenta a superfície de absorção dos alimentos. 
   Os anelídeos desempenham importante papel ecológico nos , como elos de cadeias alimentares, na reciclagem da matéria nos ciclos , como verdadeiros arados que revolvem os solos ou ainda como  que atacam outras espécies.  já destacava a importância da ação das minhocas, que podem ingerir e expelir de terra por hectare anualmente, melhorando o arejamento e a  dos solos. Elas digerem os resíduos  de várias origens, especialmente vegetal, repondo os minerais (cálcio, magnésio, , fósforo), o que mantém a fertilidade dos solos. "

RESPOSTA - anelídeos ; nutrição ; digestórios ; predadores ; perfurantes ; ventosa ; anticoagulante ; hirudina ; ingestão ; complexo ; nematódeos ; moela ; intestino ; dorsal ; tiflossole ; ecossistemas ; biogeoquímicos ; parasitas ; Darwin ; toneladas ; textura ; orgânicos ; nitrogênio ; fertilidade .


GEOGRAFIA Newton Almeida  http://geografianewtonalmeida.blogspot.com

sábado, 26 de julho de 2014

BIOLOGIA - Filo Artrópode : Antenados e Quelicerados : Limulus poliphemus - BIOLOGIA

         "       Um Raro Artrópode 
   No filo dos artrópodes há dois grupos ; o dos antenados (insetos e crustáceos) e dos quelicerados (aranhas e escorpiões). As antenas são geralmente órgãos filamentares, sensoriais, localizados na parte anterior do corpo. As quelíceras são o primeiro par de apêndices corporais articulados. Antenas e quelíceras não existem num mesmo animal. 
   O Limulus poliphemus é um curioso artrópode marinho de águas rasas, popularmente chamado de caranguejo-caçarola, que chega a 60 cm de comprimento. Na época da reprodução, eles se acumulavam aos milhares em muitas praias do Golfo do México, mas hoje são bem mais raros. 
      O L. poliphemus tem uma  grande carapaça arredondada, resistente como a dos  caranguejos (crustáceos), vários pares de pernas com pinças na extremidade e respiração branquial.  Seu primeiro par de apêndices corporais são as quelíceras, com pinças na extremidade. Ele não tem antenas. 
   Veja agora algumas características dos crustáceos : vários pares de pernas, algumas com pinças na extremidade, respiração branquial, carapaça resistente e dois pares de antenas. 
                                                      "
   

FONTE : Livro : Júnior, César da Silva ; Sasson, Sezar; BIOLOGIA 2 , CÉSAR e SEZAR ; Editora Saraiva, 8ª edição, São Paulo : 2005 .

GEOGRAFIA Newton Almeida 

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Biologia - Anelídeos : Minhocas : Sanguessugas

  "   Neste filo estão, sem dúvida, os vermes de organização mais complexa. São os únicos celomados e segmentados, com inúmeros segmentos iguais, bem visíveis externamente e separados internamente por septos transversais membranosos. A mesoderme forma epitélios que delimitam a cavidade celomática, ficando um deles junto ao intestino e o outro junto à camada muscular da parede corporal. As camadas de fibras musculares circular e longitudinal garantem eficientes ondas de contrações de estreitamento e alongamento do corpo cilíndrico, possibilitando um fácil deslocamento ao animal. Esse deslocamento é auxiliado pela ação de muitos filamentos flexíveis de quitina, as cerdas, que "ancoram" a parte ventral do animal em movimento. O celoma, cheio de líquido,  funciona como um esqueleto hidrostático, pois as contrações da musculatura provocam nele pressões variáveis que distendem a parede corporal, tornando-a rígida e permitindo aos vermes não só o arrastamento, mas também a perfuração do solo e até a natação. 
   Os anelídeos mais conhecidos são as minhocas, da classe oligoquetos (oligo = pouco + chaeta = cerda), que têm fileiras longitudinais de cerdas na região ventral do corpo. Elas vivem em terra úmida e há espécies aquáticas. Os anelídeos da classe poliquetos (poli = muito + chaeta = cerda) são marinhos e têm tufos de muitas cerdas agrupadas em expansões laterais do corpo, os parapódios, que funcionam como remos para a natação. A terceira classe, dos hirudíneos, a menor, inclui todas as sanguessugas, que são parasitas externos e temporários de muitos vertebrados, pois sugam-lhes o sangue. Elas não têm cerdas e vivem em charcos, riachos e pântanos.  "

"



Esqueleto hidrostático (corte transversal esquemático da minhoca) . A - Pressão da contração muscular sobre o líquido celomático. B- Pressão do líquido celomático sobre a parede corporal, mantendo-a firme. (Cores fantasia)




























   "







 FONTE : Livro : Júnior, César da Silva ; Sasson, Sezar; BIOLOGIA 2 , CÉSAR e SEZAR ; Editora Saraiva, 8ª edição, São Paulo : 2005 .   



GEOGRAFIA Newton Almeida   http://geografianewtonalmeida.blogspot.com

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Europa Ocidental : Industrialização : Urbanização : Mecanização do Espaço Rural : Perguntas com Respostas de Geografia

1-  Quais são os sete principais países mais industrializados  da Europa Ocidental  ? 

RESPOSTA     -        Os    sete     principais  países  mais  industrializados  da Europa   Ocidental   são : Alemanha, Reino Unido, França, Países Baixos, Bélgica, Itália  e Luxemburgo. 


2-  Qual característica é marcante nesses países, sob aspecto ambiental  ? 

RESPOSTA  -  Observando o espaço geográfico que abrange Alemanha, Reino Unido, França, Países Baixos, Bélgica, Itália e Luxemburgo, sete países altamente industrializados da Europa Ocidental, podemos afirmar que, sob o aspecto ambiental, a característica marcante é a dominação da natureza, ou anterior ambiente natural, pela ação do homem. 

                          

3-  Como é chamado o espaço natural alterado pela ação do homem  ? 

RESPOSTA  -  O espaço natural, ou anterior ambiente natural, ou preexistente ambiente natural, profundamente alterado pela ação do homem é chamado de espaço artificial, ou espaço geográfico. Esse espaço geográfico, que era ocupado pela natureza, foi intensamente industrializado e urbanizado.  


4-  Relacione o processo de industrialização com a urbanização, muito presente no espaço geográfico formado pelos sete países mais industrializados da Europa Ocidental.

RESPOSTA  -  O processo de industrialização, que teve início na Inglaterra, representou uma oportunidade de maior renda para a mão de obra que era atraída para trabalhar nas fábricas. Com o tempo foi sendo ampliado o setor de serviços, como restaurantes, lojas, bancos, ao mesmo tempo em que as cidades foram crescendo, com a instalação, também, da infraestrutura necessária de saneamento, energia, transportes. Portanto a urbanização, que, simplificadamente,  podemos entender como o crescimento das cidades, foi consequência da industrialização.  


5-  Qual a diferença, sob ponto de vista tecnológico, do espaço rural de um país subdesenvolvido, para o de um país altamente industrializado e desenvolvido ? 

RESPOSTA  - O espaço rural de um país subdesenvolvido apresenta pouca tecnologia, com as atividades sendo realizadas por maior quantidade de mão de obra braçal. Já o espaço rural de um país altamente industrializado passou a aplicar novas tecnologias, na agricultura e criação de animais, tornando-se um meio rural altamente mecanizado.


6-  Quais outros países, ao redor do mundo, apresentam um espaço tão intensamente industrializado e  urbanizado, quanto o dos sete países citados, da Europa Ocidental ? 

RESPOSTA  -  Ao redor do mundo, muito poucos países possuem semelhante nível de industrialização e urbanização, em porções de seu território; podemos citar : Estados Unidos, Canadá, Japão, Austrália e a Nova Zelândia.  

GEOGRAFIA Newton Almeida   http://geografianewtonalmeida.blogspot.com

sábado, 19 de julho de 2014

Perguntas com Respostas de Geografia : Relevo Continental : Montanhas : Planaltos : Planícies : Depressões

  1-   O que é o relevo continental ? 

RESPOSTA  -   O relevo continental é aquele que está visível aos nosso olhar, acima do nível do mar.    O relevo é o conjunto de formas da crosta, ou superfície, terrestre. Essas formas possuem uma diversidade de aspectos que destacam-se na superfície terrestre,  como  cumes elevados, depressões , ondulações, desnivelamentos tanto nos continentes quanto abaixo dos oceanos.  
    Para o foco de estudo da Geografia, o relevo que importa possui grandes dimensões, o que pode ser chamado de macro-formas do relevo. As micro-formas do relevo são aquelas de pequenas dimensões, como sulcos de um metro de comprimento, ou uma elevação de poucos centímetros.


2-   Quais são as principais feições de relevo continental  ? 

RESPOSTA   -  As principais feições do relevo continental são : montanhas; planaltos; planícies; depressões.


3-  Cite exemplo da convivência humana com o relevo continental.

RESPOSTA  -   As formas do relevo, com suas montanhas, serras, planaltos, são muito comuns a qualquer um de nós.  Convivemos com o relevo quando temos que viajar, por exemplo,  para uma cidade que está situada em uma região serrana, como Petrópolis, no lindo Estado do Rio de Janeiro.     Percebemos, nesse deslocamento, a maior altitude que está localizada a cidade de Petrópolis, percorrendo a estrada bastante sinuosa e inclinada, construída em meio à Mata Atlântica, com suas inúmeras nascentes e córregos, sua vegetação exuberante, nesse caminho de subida à Serra dos Órgãos. 


4-  O que é uma montanha ? 

RESPOSTA  -   A montanha é uma forma, ou feição, de relevo que apresenta grande altitude.  A montanha é uma elevação natural do terreno com altitude superior a 300 metros e constituída por um agrupamento de morros. A orogênese é o ramo da geologia que estuda a origem e formação das montanhas. 


5- Quais os tipos de montanhas que existem  ? 

RESPOSTA  -  Os tipos de montanhas variam de acordo com o critério de estudo. 
    Quanto à origem ou à formação, há montanhas de dobras, de falhas, vulcânicas e de erosão. 
    Quanto à idade, as montanhas podem ser : novas, velhas e rejuvenescidas. 


6- O que são as cordilheiras ou cadeias de montanhas ? 

RESPOSTA  -   Uma cordilheira ou cadeia de montanhas é um conjunto de montanhas agrupadas lado a lado, ou paralelamente, com grande altitude e grande extensão . As cordilheiras são as mais grandiosas formas de relevo continental.  


7- O que é planalto ?

RESPOSTA  -  O planalto é a forma de relevo tabular, extensa, que ao menos por um dos lados é circundada por superfícies mais baixas. Sua superfície costuma ser  pouco irregular, quase plana, com altitudes variáveis, onde o trabalho de erosão supera o de deposição.  
     Segundo o professor Jurandyr Ross o planalto é uma superfície irregular, com altitudes acima de 300 metros que sofre desgaste erosivo. 
     Veja a figura abaixo, um aspecto típico de planalto. 



8- O que é planície ? 

RESPOSTA  -  A planície, segundo a definição do professor Jurandyr Ross, é uma superfície plana, que tem no máximo 100 metros de altitude, formada por processos de sedimentação pela ação de águas dos rios, mares e lagos. 
    
9- O que são as depressões ? 

RESPOSTA  -  As depressões são áreas rebaixadas que se formaram em consequência de processos erosivos. 
     Segundo o professor Jurandyr Ross as depressões são áreas mais planas do que os planaltos. As depressões podem ser relativas ou absolutas. 
    As depressões absolutas estão situadas abaixo do nível do mar. As depressões relativas situam-se acima do nível do mar, mas abaixo das regiões vizinhas. 

  GEOGRAFIA NEWTON ALMEIDA   http://geografianewtonalmeida.blogspot.com

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Relevo : Relevo Submarino : Relevo Oceânico : Perguntas com Respostas de Geografia

 1- O que é relevo ? 

RESPOSTA  -  O relevo é o conjunto de formas da crosta, ou superfície, terrestre. Essas formas possuem uma diversidade de aspectos que destacam-se na superfície terrestre,  como  cumes elevados, depressões , ondulações, desnivelamentos tanto nos continentes quanto abaixo dos oceanos.
    Para o foco de estudo da Geografia, o relevo que importa possui grandes dimensões, o que pode ser chamado de macro-formas do relevo. As micro-formas do relevo são aquelas de pequenas dimensões, como sulcos de um metro de comprimento, ou uma elevação de poucos centímetros. 

2-  Comente sobre o processo de formação e modelagem do relevo terrestre. 

RESPOSTA  -  As formas de relevo são o resultado do trabalho conjunto dos agentes internos e externos que formaram e que continuam modelando a crosta terrestre, ao longo de todo o tempo geológico. 

3- Explique qual a importância do estudo do relevo.

RESPOSTA - O trabalho humano também participa na transformação do relevo terrestre, portanto podemos dizer que a ação humana é um agente externo, ou exógeno. Para a construção de grandes obras, como pontes ou gigantescas usinas hidrelétricas, é preciso um minucioso estudo, que planeje a utilização de técnica apropriadas, para que a degradação do meio natural seja a menor possível.  
    Portanto, o conhecimento do relevo e da estrutura geológica são fundamentais, para diminuir os impactos ambientais, quando  a ação humana se faz necessária sobre o ambiente natural.

4-  O que é relevo submarino ? 

RESPOSTA  -   É o relevo do fundo dos oceanos e mares.      
   


5- Quais as principais feições do relevo submarino ? 

RESPOSTA  -  As principais feições do relevo submarino são : 
plataforma continental; talude continental; dorsais oceânicas; bacias oceânicas ou planícies abissais;  fossa abissal; montes marinhos; guyots . 


6- O que é plataforma continental ?

RESPOSTA  -  A plataforma continental é a continuação do continente para debaixo do oceano, que vai desde o nível do mar até 200 metros de profundidade,  com extensão de 70 km a 1.000 quilômetros. A plataforma continental é um depósito de sedimentos, sendo que a maior parte deles veio do continente. Essa feição do relevo submarino é muito estudada para a exploração do petróleo. 


7- O que é talude continental ? 

RESPOSTA - Essa unidade de relevo submarino forma-se imediatamente após a plataforma continental. Ela é caracterizada por um declive acentuado que atinge 3.000 a 5.000 metros de profundidade. No talude continental é comum a ocorrência de cânions e vales submarinos.


8- O que é a região abissal ? 

RESPOSTA -  A região abissal é aquela localizada a mais de 5.000 metros de profundidade, e portanto, é das regiões menos conhecidas da Terra, pelas dificuldades de se chegar até ela. 
    A região abissal é tão profunda que os raios solares não a atingem, estando em completa escuridão. Também é marcada pelo frio e enorme pressão, provocada pelo peso das massas de água sobre ela. Sabe-se que algumas espécies de animais conseguiram se adaptar e vivem em regiões abissais.


9-  Comente sobre as dorsais oceânicas. 

RESPOSTA  -  As dorsais oceânicas também são chamadas de cordilheiras oceânicas, que são grandes cadeias de montanhas submarinas. Seus cumes ou picos podem aflorar à superfície na forma de ilhas, como o Arquipélago dos Açores, no Oceano Atlântico.  Nas áreas ocupadas pela dorsais oceânicas é constante a ocorrência de atividade sísmica e vulcânica. 


10- O que são as bacias oceânicas ? 

RESPOSTA  -  As bacias oceânicas, também chamadas de planícies abissais, são o leito dos oceanos, excluindo as cordilheiras e as fossas, estendendo-se desde o talude continental até as encostas das cordilheiras oceânicas. 


11-  O que são os montes marinhos ? 

RESPOSTA  -  São as montanhas submarinas cujos cumes ou picos não afloram à superfície. 


12- Comente sobre as ilhas vulcânicas. 

RESPOSTA  - As ilhas vulcânicas são os topos dos vulcões submarinos que ultrapassam o nível do mar formando ilhas ou arcos de ilhas. Um exemplo é o arquipélago do Havaí, as ilhas da Islândia e as ilhas do Caribe. 


13- O que é fossa abissal ? 

RESPOSTA -  A fossa abissal, também chamada de fossa oceânica é uma  depressão alongada e estreita, com grande declividade, localizada em áreas de encontro de placas tectônicas, as zonas de subducção. Sua profundidade vai de 7.000 a 11.000 metros de profundidade. 


14- O que são os guyots ? 

RESPOSTA -  Os guyots são ilhas muito antigas que tiveram seus topos desgastados por agentes erosivos e encontram-se submersos. 

GEOGRAFIA Newton Almeida  http://geografianewtonalmeida.blogspot.com

terça-feira, 15 de julho de 2014

Geografia : Perguntas com Respostas : Erosão Eólica : Dunas : Loess

   1-  O que é erosão eólica ? 

RESPOSTA  -   A erosão eólica é o trabalho erosivo dos ventos modificando o relevo. 


2-  Explique de que forma acontece a erosão eólica . 

RESPOSTA   -  A ação contínua dos ventos retira e transporta partículas mais finas das rochas, em um processo chamado de deflação. As partículas são levadas, pela ação eólica, de encontro às rochas escavando-as, ao que chamamos de corrasão. 


3- Em consequência da erosão eólica, surgem quais formas de relevo ? 

RESPOSTA  -  Em consequência da erosão eólica surgem grandes depressões, planaltos pedregosos e formações de aspecto exótico, como taças, cogumelos, entre outras. 


4- O que são os depósitos eólicos ?  Quais são os seus dois principais tipos ? 

RESPOSTA  - Os depósitos eólicos são as acumulações dos materiais carregados pelos ventos em determinados locais. 
    Os dois principais tipos de depósitos eólicos são : dunas e loess. 


5-  O que são as dunas ? 

RESPOSTA  -   As dunas são os depósitos das partículas transportadas a partir da erosão eólica, formadas por uma deposição contínua, tomando a forma de grandes elevações de areia, podendo ser fixas ou móveis. 

    Imagem do Google Earth (pesquisada em 15 de julho de 2014) : as dunas de Cabo Frio, cortadas pela estrada de acesso à Arraial do Cabo ,  Estado do Rio de Janeiro. 


6-  O que é o loess ? 

RESPOSTA  -   Loess são os depósitos das partículas transportadas a partir da erosão eólica, cujas partículas são muito finas, de tonalidade amarelada, constituídas por quartzo, argila e calcário. 


7- No Brasil existem depósitos loess ? 

RESPOSTA   -   Não  !    Os locais de ocorrência do loess de maior relevância estão na China, ao longo do rio Amarelo.  Na Europa encontramos loess na Alemanha, França, Bélgica, Países Baixos, Polônia e outros. 

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Perguntas com Respostas : Erosão Glacial : Trabalho Erosivo do Gelo : Geleiras Alpinas : Geleiras Continentais : Icebergs : Fiordes

   1- Quais são os dois tipos principais de massas de gelo encontradas na superfície terrestre ?      

RESPOSTA   -    Os dois tipos principais de massas de gelo encontradas na superfície terrestre são : as geleiras continentais e as geleiras alpinas. 

2- O que são as geleiras alpinas ? 

RESPOSTA  - À medida que a altitude aumenta a temperatura cai, cerca de 1 grau centígrado para cada 150 metros de altitude. Em regiões da Terra de elevadas altitudes, nos picos das montanhas, formam-se as geleiras alpinas. 



3-  Qual importância têm as geleiras alpinas, sob aspecto do ciclo hidrológico ? 

RESPOSTA  -  As geleiras alpinas são uma reserva de água doce que abastecem os rios durante o verão. 

4- O que é circo glacial ? 

RESPOSTA -  Circo glacial é a parte mais elevada das geleiras alpinas que tem a forma circular. Quando essa massa de gelo, do circo glacial, desliza montanha abaixo, formam-se os vales glaciais em forma de  " U  "  . 

5-  O que são as geleiras continentais ? 

RESPOSTA  -  As geleiras continentais são aquelas localizadas nas regiões de altas latitudes, nas proximidades do Polo Norte e do Polo Sul. Como sabemos, à medida que as latitudes aumentam, a temperatura vai caindo. Nessas regiões a quantidade de neve que cai é maior do que a neve que derrete, formando extensas camadas de gelo. As geleiras continentais também são chamadas de inlândsis .

6- Como são formados os icebergs ? 

RESPOSTA  -  Com o aumento das temperaturas no verão, as geleiras continentais partem-se em blocos de gelo, que se dirigem para os oceanos. Esses blocos de gelo boiam nos oceanos, são os chamados icebergs.  


7- Por que os icebergs boiam no oceano e não afundam ? 

RESPOSTA  - Isso se deve ao fato de que a água ao congelar-se altera a sua estrutura molecular, expandindo-se, ficando menos densa que a água no estado líquido, e por isso os icebergs boiam. O gelo é menos denso do que a água. 

8- Os icebergs apresentam algum tipo de perigo ?  

RESPOSTA  -  Sim ! Mesmo nos extremos da Terra, nos oceanos das proximidades do Polo Norte e do Polo Sul, é comum o transporte marítimo. Os icebergs são um perigo para a navegação, pois cerca de 90 % de seu volume fica submerso, colocando em risco a colisão dos navios com os icebergs. 

9-  Comente sobre o trabalho erosivo das geleiras . 

RESPOSTA   -   As geleiras são poderosos agentes modificadores do relevo, mas quando a superfície é composta de rochas muito resistentes, o seu trabalho erosivo não é tão grande. A erosão glacial aumenta à medida que arrasta, pela ação da gravidade, fragmentos de rocha que agem como uma lixa sobre o solo. 

10-   O que são as morenas ou morainas ? 

RESPOSTA  -  As morainas ou morenas são grandes quantidades de fragmentos de rochas, pedras e detritos envoltos em geleiras que se deslocam, de partes mais altas para mais baixas, formando depósitos. 

11-  O que são os fiordes ? Onde são encontrados ? Qual a origem desse nome ? 

RESPOSTA  -  Os fiordes são feições de relevo esculpidos pelo trabalho erosivo de geleiras. São grandes entradas de mar entre altas montanhas rochosas. Os espaços que as geleiras escavaram nas rochas da costa, a partir de 3 milhões de anos atrás, foram preenchidos pela água do mar, com o aumento da temperatura da Terra há 12 mil anos atrás. As dimensões dos fiordes são enormes, alguns com mais de 100 quilômetros de distância de paredões de rochas com 1.000 metros de altura.  
       As regiões em que se localizam fiordes são as de altas latitudes, nas proximidades do Ártico e da Antártida : costa da  Noruega, no litoral do Alasca, na Groelândia, no Canadá e na Nova Zelândia. 
    As águas dos mares que adentram os fiordes são muito calmas, excelentes para a pesca e são bons locais para a ancoragem de embarcações, e por isso a origem do seu nome : fiorde em norueguês significa porto seguro.


   Imagem acima do Google Earth (pesquisada em 14 de julho de 2010) :  Fiorde na Noruega ;  61° 33' Latitude Norte   ;    6° 24 '  Longitude Leste.

GEOGRAFIA Newton Almeida   http://geografianewtonalmeida.blogspot.com

domingo, 13 de julho de 2014

Erosão Marinha : O Trabalho Erosivo das águas do mar : Perguntas com Respostas de Geografia

1-  O que é a erosão das águas do mar ? 

RESPOSTA  -   A  erosão das águas do mar é o desgaste contínuo realizado pelo mar nas rochas do litoral, ao bater das ondas.  A força das ondas desagregam fragmentos das rochas e fazem com que as paredes rochosas da costa desmoronem. 


Foto acima do Newton Almeida : ondas do mar  modelando a costa do Rio de Janeiro; Mirante do Leblon em março de 2014. 


2- A erosão marinha é realizada apenas pela ação mecânica ?  Explique . 

RESPOSTA  -  Não !  A erosão marinha também se dá através de reações químicas, entre a água do mar e as rochas do litoral. A água do mar também reage quimicamente com alguns tipos  de rochas, desgastando-os . 


3-  O que é uma falésia ? 

RESPOSTA -   A falésia é uma forma de relevo do litoral, caracterizada por uma encosta, ou escarpa, rochosa vertical em abrupto encontro com o mar. As ondas desgastam permanentemente a costa podendo causar desmoronamentos nas falésias.


Imagem do Google  Earth (pesquisada em 13 de julho de 2014) : Praia de Torres, no Rio Grande do Sul, com as suas famosas falésias ao fundo. 


4-  O trabalho da erosão marinha é sempre destrutivo ?  Explique .

RESPOSTA -   Não   !   O trabalho da erosão marinha pode ser construtivo também. Isso acontece no transporte e deposição dos sedimentos retirados, ou desagregados, das rochas da costa.  Esse trabalho de deposição de sedimentos é conhecido por acumulação marinha, e costuma formar : praias e restingas.


5-  O que é praia ?  

RESPOSTA  -  A praia é uma feição de relevo formada pelo depósito de sedimentos (areia) na beira do mar. Essa areia é transportada pelas ondas. 

Foto do Newton Almeida : Praia das Conchas,  2011, em Cabo Frio - RJ. 

6-  O que é restinga ? 

RESPOSTA  - A restinga é o depósito de areia (sedimentos de rochas) paralelamente às praias formando uma faixa alongada, com muito maior comprimento do que largura. As restingas também são chamadas de cordões de areia. 


Imagem Google Earth (pesquisada em 13 de julho de 2014) : Restinga de Massambaba foi densamente urbanizada, entre o litoral  de Arraial do Cabo e a Lagoa de Araruama. Imagem de satélite a 4 quilômetros de altitude. 

GEOGRAFIA Newton Almeida    http://geografianewtonalmeida.blogspot.com

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Exercício de Geografia : Perguntas com Respostas : Bacias Hidrográficas do Brasil : Bacia Amazônica : Bacia do Paraná : Usinas Hidrelétricas no Brasil




1-         Leia a afirmativa, abaixo,  e responda a pergunta  -  

Os rios do Brasil são importantes agentes modeladores do relevo .   

              PERGUNTA -  Explique, resumidamente, a afirmativa ! 

RESPOSTA  - A afirmativa quer dizer que : nas regiões de planaltos os rios retiram e transportam uma quantidade grande de sedimentos do seu leito e das suas  margens. Esses sedimentos são depositados nas planícies, que são as áreas mais baixas. Desse jeito o relevo vai sendo modelado pelos rios. 


2- Quais são as bacias hidrográficas mais importantes do Brasil ? 

RESPOSTA - As bacias hidrográficas mais importantes do Brasil são : Amazônica, Paraná, Tocantins-Araguaia, Uruguai e a bacia hidrográfica do São Francisco. 


3-  A propósito, você sabe que é uma bacia hidrográfica ? 

RESPOSTA  -  bacia hidrográfica é a área na qual ocorre a drenagem de água das chuvas (ou derretimento de neve) para um rio principal e seus afluentes, devido às formas do relevo dessa área.   Os limites entre as bacias hidrográficas, denominados divisores de água, encontram-se nos pontos mais elevados do relevo, sendo responsáveis pela separação das águas das diferentes bacias hidrográficas.
   Fazendo uma comparação simples com uma bacia : a chuva que cai na borda da bacia vai correr para dentro dela, assim como toda a água que cair da borda para seu interior. Além do limite da borda a água cairá fora da bacia. 


4-  Qual é a maior bacia hidrográfica do mundo ? 

RESPOSTA  -   A maior bacia hidrográfica do mundo é a bacia Amazônica, cobrindo cerca de 45% do território brasileiro. 


5- Em quais países e territórios, além do Brasil, a bacia Amazônica está localizada ? 

RESPOSTA  -  Além do Brasil, a bacia Amazônica abrange os países e territórios : Suriname, Guiana, Venezuela, Colômbia, Peru, Equador, Bolívia e Guiana Francesa. 


6-  Qual é o principal rio da bacia hidrográfica Amazônica ? 

RESPOSTA  -  O principal rio da bacia hidrográfica Amazônica é o Rio Amazonas.


7-  Qual é a principal utilização das águas dos rios da  bacia Amazônica ? 

RESPOSTA  - A principal utilização das águas dos rios da bacia Amazônica é para a navegação. 


8- Embora os rios da bacia Amazônica tenham grande potencial para a geração de energia elétrica, por que esse potencial  não é melhor aproveitado ? 

RESPOSTA -  A geração de energia elétrica a partir de usinas hidrelétricas, que utilizam a força das águas de um rio, é uma grande obra que gera impactos ambientais, por causa da necessidade de construir uma grande barragem no rio, que alaga áreas gigantescas, alterando o ambiente e expulsando comunidades tradicionais do local . 
      Mesmo assim, está sendo construída a usina de Belo Monte, no Rio Xingu, na Bacia Hidrográfica Amazônica, que será a terceira maior usina hidrelétrica do mundo, depois da Usina de Três Gargantas (China) e usina de Itaipu (Brasil - Paraguai). Planeja-se que seu funcionamento comece em 2015, com capacidade de geração de até 10% do total da energia elétrica  consumida no Brasil. 


9- Qual principal rio forma bacia hidrográfica do Paraná ?  Quais são os principais afluentes ? 

RESPOSTA  -   A bacia do Paraná é formada pelo rio Paraná, que é o principal. 
  Os seus principais afluentes são  : rio Tietê, Paranapanema, Peixe e Iguaçu . 

10-   Para a geração de energia elétrica do Brasil, qual a importância da bacia do Paraná  ? 

RESPOSTA  -  A bacia hidrelétrica do Paraná apresenta grande potencial para a produção de energia elétrica, que é bem explorado. 
    Dezenas de usinas hidrelétricas foram instaladas na bacia do Paraná, com destaque para a Usina Hidrelétrica de Itaipu, na divisa entre Paraguai e Brasil, em Foz do Iguaçu (estado do Paraná), que é a maior do usina hidrelétrica do Brasil e a segunda maior do mundo. Essas usinas abastecem de energia elétrica a região Sudeste, que apresenta maior quantidade de indústrias e com as maiores cidades do Brasil. 

11-  A bacia hidrográfica do Tocantins- Araguaia é grande ? Ela possui potencial para a geração de energia elétrica ? 

RESPOSTA  -  Sim ! A bacia do Tocantins - Araguaia é a segunda maior, depois da Amazônica. 
   Sim ! O seu potencial hidrelétrico é grande e nela está construída a hidrelétrica de Tucuruí, no Estado do Pará. 


12- Comente sobre  bacia hidrográfica do Uruguai . 

RESPOSTA - O principal rio dessa bacia é o rio Uruguai, que marca a fronteira entre o Brasil e a Argentina, e entre o país Uruguai e a Argentina. 
       Essa bacia tem bom potencial para o transporte fluvial e para a geração de energia elétrica. 


13- O único rio perene que cruza a região semi-árida do Nordeste do Brasil , e também é o principal rio de uma  bacia hidrográfica . Qual é esse rio ? Que bacia hidrográfica é essa ? 

RESPOSTA  -   O Rio São Francisco !  É o principal rio da bacia do São Francisco. Ele apresenta muitas quedas d'água, que são aproveitadas para a geração de energia elétrica, destacando as usinas  hidrelétricas : Paulo Afonso, Sobradinho, Xingó, Luiz Gonzaga e Três Marias. 
    Outra importância do rio São Francisco é o transporte, e para a irrigação agrícola.